Valfrido?

GUSTAVO PIQUEIRA

SOBRE

CONTATO

gustavo@casarex.com
11 3862.7770 / 3803.7010

192 páginas

19,5 x 25 cm

capa em serigrafia sobre

papel holler, sobrecapa rasgada e carimbada à mão

bolsa com os dez folhetos

Em fins de outubro de 2015, os moradores de nove mil residências nos bairros de Santa Cecília e Higienópolis, em São Paulo, passaram a receber em suas casas, sem que houvessem solicitado, uma série de impressos denunciando os supostos trambiques de um certo Valfrido.

Conforme a narrativa criada pela sequência de folhetos avançava, objetos nela mencionados começavam a surgir, aqui e ali, pelas ruas ao redor.

Pouco mais de um mês, dez folhetos, quatro homens-placa, uma coroa de flores e um punhado de cartazes depois, tudo se encerrou. Sem as devidas explicações ou, ao menos, algum final minimamente conclusivo..

CONHEÇA TODOS OS DETALHES DE valfrido? NO SITE FEITO ESPECIALMENTE PARA O LIVRO

Lote 42

2016

bienal brasileira de design grÁFICO - BRASIL (2017)

Valfrido, um Dom Quixote improvável.

Em entrevista, o escritor e designer Gustavo Piqueira fala sobre seu novo livro Valfrido? [...]

Publicado no site da Revista Cult.

De porta em porta.

Em outubro de 2015, moradores de Higienópolis passaram a conviver
com um novo vizinho, Valfrido [...]

Publicado na Revista sãopaulo
da Folha de S.Paulo, em 14 de agosto de 2016.

Valfrido? no Programa Metrópolis.

Reportagem da TV Cultura para o Programa Metrópolis, em 24 de agosto de 2016.

História contada em panfletos e cartazes dá origem a livro.

Publicado no jornal A Tribuna,
em 30 de agosto de 2016.

Limites do livro
em subversão.

Publicado no jornal Folha de Pernambuco, em 18 de setembro de 2016.

Livro nasce de ação por meio de mala direta e quase vira caso de polícia

Publicado no blog UOL/Página Cinco, em 08 de setembro de 2016.

Valfrido? no Vamos falar sobre livros? #264.

Publicado no canal de Youtube Vamos falar sobre livros?, em 06 de outubro de 2016.